Wähle ein anderes Land oder eine andere Region, um Inhalte für deinen Standort zu sehen. Select another country or region to see content for your location. Seleccione otro país o región para ver el contenido de su ubicación. Selecteer een ander land of een andere regio om de inhoud van uw locatie te zien. Vælg et andet land eller område for at se indhold, der er specifikt for din placering. Voit katsoa paikallista sisältöä valitsemalla jonkin toisen maan tai alueen. Choisissez un pays ou une région pour afficher le contenu spécifique à votre emplacement géographique. Επίλεξε μια άλλη χώρα ή περιοχή, για να δεις περιεχόμενο σχετικό με την. Scegli il Paese o territorio in cui sei per vedere i contenuti locali. 別の国または地域を選択して、あなたの場所のコンテンツを表示してください。 Velg et annet land eller region for å se innhold som gjelder der. Escolha para ver conteúdos específicos noutro país ou região. Välj ett annat land eller område för att se det innehåll som finns där. Konumunuza özel içerikleri görmek yapmak için başka bir ülkeyi veya bölgeyi seçin. Chọn quốc gia hoặc khu vực khác để xem nội dung cho địa điểm của bạn

Diese Box wird angezeigt, da die Seitensprache nicht mit einer den Browsersprachen übereinstimmt.

Close



“Os óleos para caixas de velocidades clássicos já não cumprem os requisitos mais exigentes”

O especialista em óleos Oliver Kuhn, da LIQUI MOLY, explica quais são as particularidades dos óleos para caixas de velocidades modernos

Setembro de 2017 – Com os óleos para caixas de velocidades TOP TEC MTF 5200 75W-80 e TOP TEC MTF 5100 75W, a LIQUI MOLY lança no mercado dois novos lubrificantes especiais de uma só vez. Oliver Kuhn, diretor adjunto do laboratório de óleo da LIQUI MOLY, explica as propriedades e os âmbitos de aplicação dos dois novos produtos.

O que torna os novos óleos para caixas de velocidades da LIQUI MOLY tão especiais ou quais são as suas características únicas?

Oliver Kuhn: Como aconteceu com os óleos para motores, o setor dos óleos para caixas de velocidades registou um desenvolvimento constante, desde os tempos em que havia apenas óleos para caixas de velocidades manuais e óleos para diferenciais, ambos muito básicos e claramente diferenciados. Antigamente, esses óleos para caixas de velocidades manuais tinham de ser apenas ligeiramente enriquecidos com aditivo, de modo a controlar adequadamente o seu comportamento nos anéis de sincronização. Pelo contrário, os óleos para diferenciais tinham uma percentagem de aditivo bastante superior, uma vez que se destinavam a motores com pressões elevadas. Hoje em dia, esta divisão já não existe, os componentes da caixa de velocidades são montados todos em conjunto. Atualmente, os produtos têm de combinar várias características, o que faz com que os óleos clássicos, muitas vezes, já não possam ser usados. Os novos materiais utilizados na indústria também exigem novas associações de aditivos, para além de ser necessário responder à tendência atual de utilizar óleos sempre mais líquidos, algo semelhante ao que se passa no setor dos óleos para motores. Se, antigamente, óleos como SAE 85W-90 ou 80W-90, por exemplo, eram habituais, com o tempo passou-se para óleos SAE 75W-90, tendo-se chegado, hoje em dia, a óleos 75W ou 75W-80. A viscosidade reduzida é utilizada para minimizar as perdas por fricção e, assim, poupar combustível. E é exatamente isto que fazem os dois novos óleos para caixas de velocidades lançados pela LIQUI MOLY. A diferença está nos respetivos âmbitos de aplicação.

Quais são os âmbitos de aplicação dos novos óleos para caixas de velocidades?

Oliver Kuhn: As exigências sempre mais específicas que os construtores de automóveis colocam aos óleos utilizados resultam em novos âmbitos de aplicação para estes óleos para caixas de velocidades. As características de fricção, a compatibilidade dos materiais, a avaliação da pressão ou, também, a viscosidade são temas cada vez mais presentes. Os novos óleos para caixas de velocidades permitem cumprir os requisitos das modernas caixas de velocidades manuais de veículos ligeiros, algo que os óleos para caixas de velocidades manuais clássicos já não são capazes de fazer. Se, neste âmbito, analisarmos os veículos ligeiros japoneses e americanos, percebemos que, efetivamente, muitos construtores continuam a utilizar as especificações API GL 4 e API GL 5 e, por isso, ainda autorizam a utilização de óleos para caixas de velocidades antigos. Neste caso, a maior complexidade regista-se no setor OEM europeu, fora da Europa esta tendência ainda não é relevante. Tal como acontece com os óleos para motores, também aqui as especificações API e ILSAC são consideravelmente menos detalhadas, enquanto que na Europa, pelo contrário, as ACEA e OEM são muito mais complexas.

Peter Szarafinski

LIQUI MOLY GmbH
Marketing
Peter Szarafinski
Head of Media Relations International
Jerg-Wieland-Straße 4
89081 Ulm

Telefone: +49 731 1420-189
Fax: +49 731 1420-82
E-mail: peter.szarafinski@liqui-moly.de

Contacto

Portugal

Europe

Bosna i Hercegovina
Bŭlgariya
Czechia
Danmark
Deutschland
Eesti
España
France
Great Britain
Hrvatska
Ireland
Italia
Kosovë
Latvija
Lietuva
Magyarország
Nederland
Norge
Österreich
Polska
Portugal
Schweiz
Slovensko
Srbija
Suomi
Sverige
Türkiye
Ελλάδα
Македонија
Монтенегро
Россия
Србија
Украина

Asia Pacific

Australia
Brunei
Indonesia
Malaysia
Myanmar
New Zealand
Pakistan
Singapore
Thailand
Việt Nam
Казахстан
Киргизия
ישראל
ایران
中国
日本
대한민국

Americas

Argentina
Bolivien
Brasil
Chile
México
Paraguay
Perú
Trinidad & Tobago
Uruguay

Africa, Middle East and India

South Africa
Uganda

The United States, Canada and Puerto Rico

Canada
USA