Wähle ein anderes Land oder eine andere Region, um Inhalte für deinen Standort zu sehen. Select another country or region to see content for your location. Seleccione otro país o región para ver el contenido de su ubicación. Selecteer een ander land of een andere regio om de inhoud van uw locatie te zien. Vælg et andet land eller område for at se indhold, der er specifikt for din placering. Voit katsoa paikallista sisältöä valitsemalla jonkin toisen maan tai alueen. Choisissez un pays ou une région pour afficher le contenu spécifique à votre emplacement géographique. Επίλεξε μια άλλη χώρα ή περιοχή, για να δεις περιεχόμενο σχετικό με την. Scegli il Paese o territorio in cui sei per vedere i contenuti locali. 別の国または地域を選択して、あなたの場所のコンテンツを表示してください。 Velg et annet land eller region for å se innhold som gjelder der. Escolha para ver conteúdos específicos noutro país ou região. Välj ett annat land eller område för att se det innehåll som finns där. Konumunuza özel içerikleri görmek yapmak için başka bir ülkeyi veya bölgeyi seçin. Chọn quốc gia hoặc khu vực khác để xem nội dung cho địa điểm của bạn

Diese Box wird angezeigt, da die Seitensprache nicht mit einer den Browsersprachen übereinstimmt.

Close



"Luta ou guerra?"

A razão pela qual não é a retórica de guerra, mas sim os conhecimentos especializados e o trabalho árduo que ajudam a combater os efeitos desta pandemia, é explicada por Ernst Prost.

Bom dia a todos e bem-vindos a uma nova semana de trabalho!

 

(Afinal, muitos dos nossos colegas de outros países já foram novamente trabalhar).

"Sempre que abro a torneira da água e sai água limpa e transparente, agradeço ao meu Deus", esta frase da minha tia de 90 anos também me vem sempre à cabeça quando abro a torneira da água. Nada é uma evidência neste mundo e na nossa vida. Temos muitos motivos para agradecer e aproveitar a vida. Já conheço poucas pessoas que participaram nas atrocidades da Segunda Guerra Mundial durante a sua vida... E duas dúzias de pessoas que viveram tempos horríveis noutras guerras (Jugoslávia, Sudão, Síria, Iémene, Ucrânia) e continuam a viver... É uma dádiva ter comida e água limpa, poder usufruir de cuidados médicos, liberdade e democracia, e ninguém andar aos tiros a ninguém... É uma dádiva ter um teto por cima da cabeça, não ter frio e poder viver em paz.

A fragilidade do mundo em que nós, os humanos, vivemos é revelada por esta pandemia. Mas não se trata de uma guerra: trata-se de uma luta. Não se trata de andar a matar pessoas, trata-se de salvar pessoas. É esta a diferença entre uma guerra e uma luta. Numa guerra, acaba-se com a vida; numa luta, preserva-se a vida. A luta tem a ver com cuidado, salvação, sacrifício e amor.

Por isso, que se continue a lutar também durante esta semana! É uma luta justa, uma luta necessária. Se cada um de nós der o seu melhor, percorrer aquele quilómetro adicional e der um contributo importante para ganhar uma luta, também a equipa, toda a sociedade ou ainda uma empresa como a nossa vencerão. Ganhar no sentido de sobreviver; ganhar no sentido de preservar postos de trabalho e ganhar no sentido de fazer o bem.

Por isso, reitero o meu pedido: vamos lutar com todas as nossas forças, com cabeça, coração, para ganhar e fazer o bem. Pelos nossos clientes, por nós próprios e por todos os outros.

Uma observação em relação a outra torneira, nomeadamente a torneira do petróleo. Tal como anunciado em todas as notícias, a OPEP decidiu fazer, segundo as palavras da própria, um "dramático" corte no abastecimento. Em maio e junho, os países produtores de petróleo querem produzir menos 10 milhões de barris de petróleo por dia. Parece muito, mas sabem qual é o volume de abastecimento total por dia? Cerca de 100 milhões de barris. Ou seja, o corte mal chega aos 10%... Não é assim tão emocionante. Principalmente tendo em conta o facto de o consumo mundial atual de petróleo não ser de 100 milhões de barris por dia, nem de 90 milhões, mas sim de, no máximo, 70 milhões...Estes senhores vão ter de fazer mais uns cortes para que o mundo não se afogue em petróleo. Mas isto foi só um aparte.

Desejamos a todos um bom trabalho na nossa família Liqui Moly/Meguin de todo o mundo.

 

Ernst Prost


Portugal