Wähle ein anderes Land oder eine andere Region, um Inhalte für deinen Standort zu sehen. Select another country or region to see content for your location. Seleccione otro país o región para ver el contenido de su ubicación. Selecteer een ander land of een andere regio om de inhoud van uw locatie te zien. Vælg et andet land eller område for at se indhold, der er specifikt for din placering. Voit katsoa paikallista sisältöä valitsemalla jonkin toisen maan tai alueen. Choisissez un pays ou une région pour afficher le contenu spécifique à votre emplacement géographique. Επίλεξε μια άλλη χώρα ή περιοχή, για να δεις περιεχόμενο σχετικό με την. Scegli il Paese o territorio in cui sei per vedere i contenuti locali. 別の国または地域を選択して、あなたの場所のコンテンツを表示してください。 Velg et annet land eller region for å se innhold som gjelder der. Escolha para ver conteúdos específicos noutro país ou região. Välj ett annat land eller område för att se det innehåll som finns där. Konumunuza özel içerikleri görmek yapmak için başka bir ülkeyi veya bölgeyi seçin. Chọn quốc gia hoặc khu vực khác để xem nội dung cho địa điểm của bạn

Diese Box wird angezeigt, da die Seitensprache nicht mit einer den Browsersprachen übereinstimmt.

Close



Cavalos amestrados

O diretor da LIQUI MOLY, Ernst Prost, fala sobre a relação entre a liberdade, a satisfação própria pelo trabalho e o sucesso que daí advém

Bom dia, caros e caras co-empreendedores(as),

Como odiei ter de galopar em círculo, como um cavalo amestrado com rédea numa feira popular. O domador no centro do círculo dominava muitos outros cavalos para além mim. Também tinha um chicote e quando estava bem disposto, deixava-nos em rédea longa. Para ele, isso era liderar uma equipa e, na realidade, não éramos cavalos, mas sim funcionários, e ele não era um domador, mas sim um chefe...

Aí, jurei, tal como muitos outros, que  um dia que eu fosse chefe, faria melhor. Rédea curta, rédea comprida – não dá! Delegar é muito melhor, mas continua a ser demasiado pouco. Como é que as pessoas dão o máximo? Exato: voluntariamente e em grupo. E qual é a melhor forma de modernizar permanentemente uma empresa? Certo: com muitas mentes criativas, forças criadoras e com, tal como no nosso caso, 1000 inovadores.

As infames "decisões incertas" são muito mais precisas e menos arriscadas quando são tomadas em equipa. As decisões certas não se tomam devido a uma maior ou menor inteligência de um indivíduo, mas sim através da inteligência coletiva. E isso, logicamente, também só acontece em equipa.

Cabe-me a mim criar espaços livres, espaços livres onde pessoas inteligentes, responsáveis e criativas se possam desenvolver e viver em plenitude. Isto permite promover talentos e descobrir aptidões. "Façam o que quiserem, mas façam-no de forma sagaz, e de forma a isso trazer algo à empresa"!

Já não dou mais linhas de conduta, nem mais "instruções". Uma mente inteligente sabe sozinha que prazos tem, o que tem de ser feito e só o fará se a deixarmos. Claro que competências de tomada de decisão também fazem parte do desenvolvimento pessoal. Assim como a responsabilidade pessoal de assumir a decisão. 

Fazer o que está certo, fazer sequer alguma coisa e dar a cara pela decisão. Nem todos gostam realmente disso, mas a recompensa é a possibilidade de desenvolvimento completo em espaços livres que normalmente só existem quando se é autónomo. 

E eis que chegamos novamente aos meus benditos co-empreendedores. Os "Entrepreneurs", como dizem os Franceses. Há também cursos e disciplinas para aquilo que NÓS praticamos há vários anos em Ulm e em Saarlouis, de forma pragmática, confiante e muito bem sucedida. A minha experiência profissional de mais de 45 anos mostrou-me que a liberdade cria sucessos e aumenta nitidamente a satisfação das pessoas e a alegria naquilo que fazem. Afinal, o trabalho não deveria ser só fonte de rendimento, mas sim fonte de alegria e realização pessoal, garantindo aquela boa sensação de ter feito algo – Sem rédeas nem chicotes.

Desejo-vos uma sexta-feira cheia de êxitos e um bom fim de semana com imensa liberdade para a vossa criatividade!

Ernst Prost


Portugal