A Fundação Ernst Prost e a LIQUI MOLY apoiam a Fundação Ética Mundial

Ernst Prost é convidado a tornar-se membro do conselho de curadores da Fundação criada por Hans Küng

Ernst Prost

Maio de 2018 – Para Ernst Prost, criador da Fundação homónima e diretor da LIQUI MOLY, uma convivência respeitosa entre as pessoas é muito importante, sendo esta também a ideia que se encontra na base da Fundação Ética Mundial (Stiftung Weltethos), criada pelo teólogo Hans Küng. Esta Fundação vai receber o apoio da Fundação Ernst Prost e da marca de lubrificantes durante um período de três anos, apoio este que ascenderá a respetivamente 50 000 euros por ano. Além disso, Ernst Prost foi convidado a tornar-se membro do conselho de curadores da Fundação Ética Mundial.

 

Eberhard Stilz, presidente do Tribunal Constitucional do Estado alemão do Bade-Vurtemberga e presidente da Fundação Ética Mundial, está muito feliz com este apoio: "Numa altura de insegurança e migração mundiais, o nosso trabalho nunca foi tão procurado. Este generoso auxílio financeiro é uma enorme ajuda para que possamos trabalhar de forma ainda mais eficiente." A partir deste ano, a Fundação Ernst Prost e a LIQUI MOLY irão apoiar o trabalho da Fundação Ética Mundial com, respetivamente, 50 000 euros, num primeiro momento durante um período de três anos. Além disso, Ernst Prost foi convidado a tornar-se membro do conselho de curadores da Fundação.

 

Há sete anos, Ernst Prost, diretor da marca especialista em lubrificantes LIQUI MOLY, criou a Fundação Ernst Prost para ajudar as pessoas carenciadas. Após experiências extremas na África do Sul em 2015 seguiu-se, no mesmo ano, a criação da Ernst Prost Foundation for Africa. O apoio dado à Fundação Ética Mundial é, para ele, outro passo importante para tornar o mundo num mundo melhor. Ernst Prost: "O presidente, Eberhard Stilz, e a sua equipa fazem um bom trabalho neste mundo de loucos. Há-que provavelmente "agradecer" ao destino algum do sofrimento com que o ser humano se depara. Por exemplo, doenças, deficiências, miséria e morte.... Com as Fundações Ernst Prost, ajudamos a aliviar este sofrimento humano. Mas também há sofrimento causado pelo próprio Homem: guerras, expulsões, racismo, ódio e falta de caridade. É neste campo que a Fundação Ética Mundial atua. Na verdade, muito do sofrimento humano e animal existente no mundo nem sequer existiria se todas as pessoas se comportassem como seres humanos: paz, respeito, caridade, tolerância e prontidão para ajudar."

 

O criador do conceito de ética mundial e da Fundação homónima é o teólogo Hans Küng, nascido em 1928 no cantão suíço de Lucerna. Em 1993, o Parlamento das Religiões do Mundo em Chicago publicou a "Declaração de uma Ética Mundial". "Uma época marcada como nunca pela política, pela tecnologia, pela economia e pela civilização mundiais precisa de ética mundial", declarou Hans Küng nesse mesmo ano. O Projeto para uma Ética Mundial procura descrever os pontos comuns entre as religiões do mundo e estabelecer um conjunto resumido de regras e exigências fundamentais que possam ser aceites por todos, ou seja, procura criar uma ética comum. Segundo Hans Küng, "este mundo precisa de uma ética; esta sociedade mundial não precisa de uma religião única nem de uma ideologia única, mas sim de algumas normas, valores, ideais e objetivos unificadores e indispensáveis."

 

São precisamente estes valores comuns e indispensáveis que são importantes para Ernst Prost no dia a dia, tanto a nível pessoal como profissional: "Honestidade, confiança, bondade, gratidão, dedicação, decência, respeito e tolerância são apenas alguns dos valores que, na LIQUI MOLY, no acompanham incansavelmente no nosso trabalho diário, tanto interna como externamente perante clientes e fornecedores. Não é raro causarmos uma enorme surpresa com estes "costumes antiquados", mas nós consideramo-los como uma evidência", afirma Ernst Prost.

 

Com as suas duas Fundações, Ernst Prost dá uma ajuda concreta na Alemanha, tendo entretanto alargado esta ajuda a todo o mundo e, especialmente, ao continente africano. O trabalho da Fundação Ética Mundial tem uma abordagem global: parte-se do princípio de que uma convivência pacífica entre os povos e as nações só é possível se as religiões do mundo estiverem dispostas ao diálogo e à paz. Uma ética global só é possível com uma mudança de mentalidade de todas as pessoas. "Trata-se de uma meta incrível para a qual vale a pena trabalhar e lutar. Por isso é que a Fundação Ernst Prost e a LIQUI MOLY ajudam a Fundação Ética Mundial", explica Ernst Prost.


Cláudio Delicado
Strategic Communication & Marketing
Sintra Business Park, Edifício 01 - 1° P
2710-089 Sintra

Telefone: +351 (21) 925 07 32
Fax: +351 (21) 925 07 34
E-mail: claudio.delicado@liqui-moly.com

Contacto